Dicas de como comprar carro pela internet com segurança

Dicas de como comprar carro pela internet com segurança

Mesmo com a crise econômica, 2021 foi ano de crescimento para o setor automobilístico. Embora os resultados não sejam intuitivos, o faturamento da indústria aumentou em R$ 3 bilhões.

Alguns setores possuem destaque neste mercado, como por exemplo, a venda de Caminhões, SUVs e picapes cresceu significativamente no ano de 2021.

Desta maneira, o setor não apenas sobreviveu a crise, como ganhou fôlego por mais alguns anos. E se você está pensando em comprar seu carro, saiba que você pode fazer tudo isso online, sem sair do conforto de sua casa.

E para ajudá-los a não cair em golpes e ainda achar o melhor preço, trouxemos algumas dicas de como achar o seu carro novo, de forma totalmente online, veja a seguir:

Ficar atento ao valor do carro

O primeiro passo na compra de um veículo é definir o seu orçamento, dessa forma, você pode achar a melhor opção que caiba no seu bolso.

Se você está pensando em comprar um carro usado, (que é mais economicamente viável) é bom estar de olho na tabela FIPE.

A tabela FIPE é uma tabela com o preço médio dos automóveis negociados em território nacional. Dessa forma, você pode analisar o preço dos carros e descobrir a média aceitável para a negociação.

Desconfie de preços muito abaixo da tabela.

Utilizando a tabela FIPE você pode negociar o preço do carro com base na média, e evitar cair em fraudes ou golpes. Mas se sua escolha é um carro zero, é só acessar o site da concessionária e começar a escolher!

Escolha veículos com várias fotos

Comprar um carro na internet é como comprar qualquer produto. Você deve analisar todos os aspectos do anúncio, inclusive a quantidade de fotos.

Um anunciante que tem medo de mostrar seu produto não é um bom sinal.

Carros bem cuidados terão diversas fotos, do interior, e entrando em contato com o dono, você ainda poderá pedir mais. Dessa maneira você garante que viu todos os aspectos do carro antes de realizar a compra, e se assegura de que tudo está correto.

Vendedores confiáveis

Veículos possuem diversos documentos e legalidades, dessa maneira, trabalhar em conjunto com o dono anterior é essencial. Por isso, opte por vendedores confiáveis que irão te auxiliar em todo o processo, sem esconder nada.

Nos sites mais famosos, analise a reputação do vendedor, veja se ele já possui algum histórico, veja os comentários de outros compradores, e fique de olho se ele possui mais de um anúncio. Dessa forma você garante que está negociando com uma pessoa confiável.

Pesquisar histórico do veículo

Para garantir que tudo está em ordem com o veículo comprado, você pode começar a buscar pelo histórico do mesmo. Você pode acessar o site do DETRAN para checar se o carro possui multas ativas, checar se o veículo já foi furtado, verificar se o IPVA está em dia, e muitas outras informações.

Você também pode analisar o histórico de revisões, observar se o carro possui algum amassado, e até buscar ajuda profissional antes de fechar o negócio, como é o caso do próximo tópico.

Faça uma vistoria:

No DETRAN existe uma vistoria obrigatória para a transferência de veículos. Dessa maneira, o profissional responsável irá analisar coisas como: motor, placa, chassi, e dar uma visão geral sobre o estado atual do veículo.

Realizando a vistoria, você pode saber o real estado do veículo, e evitar de cair em golpes.

Mantenha-se em dia:

Você sabia que a partir de 2021 a placa Mercosul se tornou obrigatória? Agora carros novos e que necessitem de atualização no documento devem possuir a nova placa.

Então, depois de comprar o seu carro, para evitar problemas, mantenha-se em dia com os documentos. Isso envolve também trocar a placa do antigo veículo para a nova Mercosul.

Se você quer saber como fazer isso, acesse nosso outro artigo onde explicamos como atualizar para a placa Mercosul: Como comprar a nova placa Mercosul. Se estiver precisando de mais informações, continue no nosso blog, se está à procura de placas e outros produtos, visite nosso site!

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn